• Daniel Gonzales

Cientistas criam rede vascular complexa com impressão 3D

Com o feito, bioengenheiros estão cada vez mais próximos do objetivo de criar órgãos e tecidos por meio da tecnologia


Os bioengenheiros deram um passo a mais na direção de criar órgãos e tecidos feitos em impressão 3D.


Uma equipe liderada pela Rice University e pela Universidade de Washington desenvolveu uma ferramenta para a impressão em 3D de redes vasculares complexas e "requintadamente entrelaçadas". Estas imitam passagens naturais do corpo para sangue, ar, linfa e outros fluidos - e elas serão essenciais para, um dia, criar órgãos artificiais em laboratório.


Pesquisa foi mais um passo em direção a órgãos e tecidos impressos em 3D. Foto: Jordan Miller/Rice University

Durante décadas, o maior dos desafios na replicação de tecidos humanos foi descobrir uma maneira de obter nutrientes e oxigênio no tecido, além de como remover resíduos. Nossos corpos usam redes vasculares para fazer isso, mas tem sido difícil recriá-las em materiais macios e artificiais.


+ Projeto High Tech é patrocinado pela maior escola de impressão 3D do Brasil. Clique aqui, conheça e baixe um e-book gratuito sobre a tecnologia


NOVA TÉCNICA


Essa nova ferramenta supera esses desafios, imprimindo camadas finas de uma solução líquida de pré-hidrogel, que fica sólida quando é exposta à luz azul. Isso permitiu que os cientistas criassem géis biocompatíveis com intrincada arquitetura interna similar às redes vasculares do corpo humano.


Os pesquisadores confiaram em outros projetos de código aberto para criar sua ferramenta - chamada de aparelho de estereolitografia para engenharia de tecidos.


As descobertas foram publicadas na revista Science, e todos os seus dados experimentais são gratuitos e abertos ao público. Embora os pesquisadores digam que estamos apenas começando a entender a forma e a função complexas das estruturas do corpo, eles esperam que isso ajude a tornar os órgãos impressos em 3D uma opção viável, mais cedo ou mais tarde.


Poderemos, desta forma, em poucos anos, contar com corações, pulmões, rins e fígados feitos em impressão 3D, além de tecidos - produzidos em máquinas e levando-se em conta a

particularidade de cada paciente.



  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

Receba nossas atualizações

© 2019 por High Tech - Informação de Tecnologia.