• Daniel Gonzales

Google inicia testes de sistema que pode substituir o Android

Chamado de Fuchsia OS, sistema teve versão inicial liberada para desenvolvedores


Será o sucessor do mais popular sistema operacional móvel da história, o Android, que hoje alimenta bilhões de dispositivos no mundo todo? O Google não deixa clara essa questão, mas o fato é de que o Fuchsia OS (fuchsia é o nome de uma cor, semelhante ao rosa brilhante) teve uma versão inicial liberada para desenvolvedores, que podem começar a programar para a plataforma.


O logo do novo sistema operacional, by Google

Há até um site oficial (bem feio por sinal, que pode ser consultado aqui), com informações gerais e os códigos de conduta da plataforma.


NOVIDADES


Ao contrário do Android e do Chrome OS, os dois sistemas operacionais já lançados pelo Google, o Fuschia não é baseado em Linux, mas num kernel (núcleo) completamente novo, chamado de Zircon.


Tal formatação  promete trazer uma experiência modular, com suporte para diferentes dispositivos e capacidade para diversas aplicações.


Desta maneria, ao que tudo indica, o Fuchsia terá como principal objetivo ser o sistema operacional da Google para atuar em um mundo cada vez mais conectado - com aplicações possíveis para smartphones e computadores convencionais e também novos dispositivos de internet das coisas e robôs.

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

Receba nossas atualizações

© 2019 por High Tech - Informação de Tecnologia.