• Daniel Gonzales

5 tendências da Inteligência Artificial para 2022

IBM divulga como as máquinas estarão ainda mais presentes em nosso dia a dia


Em todo o mundo, o ritmo da transformação digital está se acelerando rapidamente. Em algumas áreas, como o e-commerce, as organizações experimentaram o equivalente a 10 anos de crescimento em menos de um. De fato, quase metade das empresas (41%) no Brasil acelerou a implementação da Inteligência Artificial (IA) no último ano, de acordo com o recente Índice de Adoção Global de IA da IBM, uma vez que as organizações se voltaram aos assistentes virtuais para gerenciar volumes crescentes de chamadas e a outras vias da automação similares.


De acordo com a mesma pesquisa, 80% das empresas no mundo disseram que tinham planos para lançar alguma forma de software de automação nos próximos 12 meses.


Em 2022, com a continuidade de fatores adversos como a pandemia e a crise na cadeia de suprimentos, veremos surgir uma variedade de novos usos e inovações em IA

Na corrida por mais competitividade, maior eficiência e novos fluxos de receita, prevemos cinco principais tendências de IA para 2022. As previsões são da especialista Marcela Vairo, diretora da unidade de Dados, IA Apps e Automação da IBM Brasil:

1. O atendimento ao cliente usará IA para se tornar mais pessoal

Os assistentes virtuais se tornaram uma ferramenta crítica para organizações e governos durante a pandemia. Eles não apenas foram uma via fundamental para a divulgação de informações, mas também começamos a ver a integração da automação que permitiu aos assistentes virtuais concluírem fluxos de trabalho e tarefas como, por exemplo, o agendamento de vacinação. Em 2022, os consumidores perceberão interações mais personalizadas e plenamente realizadas com seus varejistas e provedores de serviços favoritos, à medida em que a IA tem um impacto maior na jornada do atendimento ao cliente.

2. A IA criará um futuro confiável e sustentável

Ainteligência artificial terá um papel chave para ajudar as empresas a alcançarem indicadores de sustentabilidade por meio de uma maior medição, coleta de dados e contabilidade de carbono, assim como uma previsibilidade aprimorada e maior resiliência da cadeia de suprimentos. Graças aos dados gerados por sensores, identificações RFIS, atuadores, GPS e muito mais, o inventário fará a sua própria contagem, os contêineres detectarão seus conteúdos e os paletes “avisarão” se eventualmente estiverem no local errado.

3. Melhor aproveitamento do potencial do 5G com a IA

A conectividade 5G tem um enorme potencial para melhorar indústrias, desde streaming e comunicações, até a robótica e manufatura avançada. Para avançar na implementação da conectividade 5G no mundo inteiro, os provedores de serviços de comunicações (CSPs) estão se voltando para a automação impulsionada pela IA e a orquestração de rede para melhorar seu controle e gestão, fornecendo experiências mais rápidas ao cliente.


4. As empresas reduzirão custos aplicando a IA para solucionar problemas de TI antes que aconteçam

Em 2022, a IA permitirá que equipes de TI diagnostiquem problemas de forma rápida e segura, liberando-as para que se concentrem em aportar mais valor para a empresa. Também permitirá às equipes de TI identificar padrões em dados, antecipando problemas do setor antes que eles aconteçam.

5. Foco contínuo na segurança

Para que a Inteligência Artificial continue a avançar nestas áreas, as organizações precisam ganhar a confiança do consumidor. A batalha por essa confiança ocorre em várias frentes, desde a capacidade de tomar decisões de IA compreensíveis e explicáveis, até garantir aos consumidores o conforto de que seus dados pessoais estão sendo protegidos contra os ciberataques.